quinta-feira, 13 de junho de 2019

Adorei desistir de desistir da Comrades 2019.


09:11:22 - A Cronometragem oficial da minha oitava participação na Comrades Marathon, percurso Up Run, realizada na África do Sul, no último domingo, 09 de junho de 2019, com largada às 05:30 h na cidade de Durban e chegada em Pietermaritzburg.
Chegada
Sem sombra de dúvidas, foi uma das minhas melhores participações, embora o ciclo de treinamento e de preparação não tenha sido tão adequado à dimensão do evento - 87,8 Km.

Neste ciclo, discordei de critérios estabelecidos pela organização da prova, diga-se: pós inscrição, que nos levaria a buscar carta com Federações ou Confederações, que a seu turno, necessitaria estar filiado.

No resumo da ópera, a meu juízo de valor - burrocrácia desnecessária (isso mesmo, com dois R) especialmente quando enxergo minha certidão de nascimento!!!
retirada do kit
Mas não é isto que quero evidenciar, pois embora tenha decidido desistir no meio do caminho, adorei desistir de desistir e consequentemente, recomeçar os treinos e organizar estratégias para a prova, com uma força mental e foco de treinamento jamais visto em minha vida. Juro!!!
Brasileiros(as) na largada - Baia "D"
Não comentei com ninguém, pois poderia soar soberba da minha parte, mas a cada treino na bicicleta ou na corrida, seja com os Trilheiros do Cerrado - grupo de MTB; com o Pedal do Corujão - grupo de speed; com a Equipe Bsb Parque - grupo de corrida e até mesmo nas rodagens solitárias, havia a convicção que a jornada seria diferente daquela do ano passado, onde me lesionei no Km 60.
A rigor, no decorrer da recuperação foram 7 meses sem corrida, muita fisioterapia, doses contraditórias de paciência e impaciência, incertezas conspiradoras, até que o mês de janeiro de 2019 chegou e junto com ele, as planilhas de treinamento que até aqui somaram: 

a) 1.179 Km de corrida e

b) 5.524 Km no giro do pedal.

Ao desistir de desistir, empurrei a janela da qualificação para a última data possível - Maratona Nilson Lima, na cidade de Uberlândia - MG, disputada no dia 28 de abril de 2019.

Ao concluir a Maratona em Uberlândia, imediatamente, efetuei o login na página oficial da Comrades Marathon para incluir, didaticamente o resultado: 42 Km em 03:49:29.

O passaporte estava carimbado!!! Bom demais!!!

Ao desistir de desistir, adquiri faturas de cartão de crédito acima das expectativas, pois é muito diferente quando há programação antecipada, pagando os boletos gradativamente, buscando promoções, ajustando os melhores voos e obtendo a melhor hospedagem no destino.

Mas foi muito bom desistir de desistir, pois me reinventei, tornei-me introspectivo e vigilante com as mazelas físicas que adquiri ao longo de muitos anos de práticas esportivas.
Ao me repaginar, somei o fortalecimento muscular na academia, quase em doses homeopáticas, não podendo esquecer da presença da "alma gêmea guerreira" - leia-se: Marileusa Ferreira, que sempre estava lado a lado.
Ao desistir de desistir, pude estar presente na jornada de consagração dos amigos Greeen Number - os paulistas: Carlos Arraiz e José Cerqueira.

Óbvio que a moeda possui dois lados e naturalmente o insucesso faz parte do pacote de uma prova perversa, impiedosa, por vezes traiçoeira. Neste aspecto, ao desistir de desistir, me emocionei juntamente com aqueles que não concluíram a jornada dentro das 12 horas regulamentares.

Confesso que não tive palavras para enviar mensagens para aqueles(as) guerreiros(as) que não receberam aquela pequena medalhinha. Aqui deixo minhas escusas, mas nestas horas não temos o que falar, o que acrescentar para aquilo que nos preparamos por mais de 9 meses.

Só sei que é extremamente chato ver um amigo não completar a Comrades!!!

Nesta atmosfera, ao concluir a jornada recebi a Medalha Robert Mtshali - destinada aos que concluem a prova entre 9 e 10 horas, medalha que foi criada neste ano, em homenagem ao primeiro negro que participou extra oficialmente da Rainha das Ultramaratonas, sendo posteriormente reconhecido pela organização.

Subliminar por essência!!! né?


Para concluir:

1) A organização da prova esteve como sempre impecável;

2) a participação popular continua algo único no mundo;

3) o cheiro do churrasco é delicioso nas primeiras horas da manhã e extremamente complexo próximo ao almoço;

4) brasileiras(os) são cada vez mais idolatrados no caminho, pois literalmente festejamos o evento;

5) A subida da Polly Shorts ainda é a subida da Polly Shorts!!!


Shosholoza, forte abraço e nos vemos no caminho!!!

Dionisio Silvestre
52574


A Lenda e o Quelônio!!!

Louis Massyn - 47 Comrades

14 comentários:

  1. Parabéns, nobre! Grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Uauuu!!! Parabéns em dose dupla marido, além de ser um atleta super determinado, consegue repassar sua participação aos leitores com muita clareza. Cada vez mais orgulhosa de você PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom demais o seu comentário meu amor!!! Melhor do que qualquer outra pessoa, você enxerga a rotina de treinos, a ansiedade, o otimismo pré prova e acima de tudo, celebra a conclusão da jornada. Mil beijos e Run Bóra 2020.

      Excluir
  3. Parabéns Mestre!

    Foi um tempo maravilhoso!

    Vi nos treinos que você estava forte e que iria fazer uma excelente prova, parabéns pela oitava medalha, quem sabe na decima eu consigo ir para participar da festa do amigo.

    Os treinos de corrida, bike e musculação são o caminho para ter longevidade nos esportes.

    Aquele abraço,
    Samuel Toledo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samuel Toledo,

      Só agradecimentos ao amigo pelos treinos na reta final de preparação, pois foram primordiais para estabelecer o ritmo de corrida durante a prova.

      Forte abraço e nos vemos no caminho!!!

      Silvestre

      Excluir
  4. Excelente.

    Eu desisti de desistir várias vezes. Grande abraço e até a próxima linha de largada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nobre amigo Miguel,

      Muito bom encontrá-lo durante a corrida. A emoção que transbordou pós conclusão da 94ª Comrades Marathon estará eternamente em nossas memórias.

      Forte abraço e nos vemos no caminho!!!

      Silvestre

      Excluir
  5. Sabedoria é uma das qualidades de um verdadeiro Guerreiro. Tens a minhas admiracoes de anos e respeiro. PARABÉNS ��������☝️��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nobre amigo Mestre Branca,

      Muito obrigado pelas palavras sempre de incentivo, run bóra para novas aventuras e insanidades.

      Forte abraço e nos vemos no caminho!!!

      Silvestre

      Excluir
  6. Parabéns, Silvestre! Excelente relato. Gostaria de correr como esse "autodenominado quelônio". Em janeiro dividiremos a "quelonice" na BR 135. Grande abraço, Marcos Dangelo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guerreiro Marcos,

      A história do Quelônio do Cerrado, surgiu a partir da participação no Revezamento Volta ao Lago - 2006, da Equipe Os Travados do Parque, cujo logo é uma tartaruga correndo, assim, como fiz parte daquela diversão: sou eternamente Quelônio.

      Forte abraço!!!

      Excluir
  7. Realmente inspirador! Parabéns Dionisio é
    um exemplo a ser seguido!!! Sentimos orgulho de suas conquistas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nobre amigo,

      No período em que estivemos em Guaíra, buscamos compartilhar com os amigos essa sinergia que a prática esportiva traz para nossas vidas, hoje, embora distante, acompanho o quanto a cidade respira intensamente os eventos. Bom demais!!!

      Forte abraço e nos vemos no caminho!!!

      Silvestre

      Excluir

Aos leitores do blog "Correr é Pura Paixão" deixo meu profundo agradecimento. Aguardo seu comentário, uma vez que a participação de vocês é de grande importância para o aprimoramento dos relatos.

Ultra abraço,

Dionisio Silvestre